22.6.10

Dia 11

França de fora ou o futebol não se joga com a mão. Ou talvez sim. Domenech nem quer apertá-la, prefere beijinhos.
Argentinos suam a camisola porque no banco está quem deu tudo por ela. Sério candidato.

2 comentários:

Alexandre Santos disse...

Opiniao muito redutora! Ha em 1º lugar que reconhecer um erro de arbitragem no apuramento da França não podendo ser culpada e crucificada a selecção!
Ademais quem percebe sabe-se que a forma de jogar de uma equipa depende do resultado ate então! Lembremo-nos que a França venceu 1-0 na Irlanda e estava a perder 1-0 em casa ate ao golo que marcou no prolongamento "com a mão" realmente, passando a 1-1 e vantagem na eliminatoria ! Sabendo que um jogo pode dar muitas volta AINDA ASSIM NAO PODERIA A FRANÇA TER MARCADO ATE AOS 120 MINUTOS ? NAO PODERIA TER VENCIDO NAS GRANDES PENALIDADES ?!!!! esquecemo-nos destas coisas pois criticar é demasiado facil se nos deixarmos levar pelo sentimentalismo das questões abdicando do nosso lado racional!

ESCREVER FUTEBOL disse...

Agradecemos o comentário.
Este blog é um exercício de livre opinião e ficamos contentes sempre que alguém comenta, concordando ou discordando.
É essa a essência deste espaço.